Viagem a Cabo Verde 2013 - Ilha da Boavista - Escola de Windsurf - elisiario.com

Go to content

Main menu:

Viagem a Cabo Verde 2013 - Ilha da Boavista

Viagens > Viagens Anteriores

A Escola de Windsurf elisiario.com voltou a realizar uma viagem a Cabo Verde, à Ilha da Boavista, entre os dias 3 a 17 de Fevereiro de 2013.
Desta vez, tal como em 2012, foram feitos 2 grupos que se dividiram pelas duas semanas tendo participado este ano nesta viagem um total 39 pessoas.
Era bem cedo, ainda de noite em Portugal, quando chegámos ao Aeroporto de Lisboa para fazer o check-in no voo da TACV com destino à ilha da Boavista, em Cabo Verde.
De facto o número de pessoas no grupo e termos 15 sacos com 30 kg de equipamento de windsurf para levar era motivo mais do que suficiente para termos que ser os primeiros a despachar a bagagem no avião.
Também o segundo grupo que partiria na semana seguinte tinha 10 sacos, o que tornava a logística para o check-in um pouco mais complexa, mas tudo correu muito bem em ambas as semanas.
Com o primeiro grupo era suposto aterrarmos na Ilha da Boavista às 12h00, hora local em Cabo Verde, mas por motivos meteorológicos em que a bruma seca se fazia sentir com muita intensidade, não foi possível aterrar por questões de segurança e fomos para a Praia, na Ilha de Santiago, onde ficámos alojados uma noite a aguardar pela melhoria das condições climatéricas para seguirmos para o nosso destino final.
Já com o segundo grupo tal não sucedeu, tendo seguido directamente para a Ilha da Boavista na semana seguinte, sem sofrer qualquer tipo de atraso.
Para a primeira semana as previsões estavam um pouco instáveis devido à bruma seca o que fez com que o vento não tivesse a soprar como habitualmente, mas ainda assim esteve sempre com força suficiente para conseguirmos utilizar o equipamento que levámos, tendo havido boas condições de windsurf para todos, independentemente do nível.
Já na segunda semana a bruma seca ameaçou regressar, tendo feito com que o vento abrandasse um dia, mas nos restantes dias e em especial nos 3 últimos dias de windsurf o swell que entrou transformou esta viagem num momento inesquecível, em que as ondas em frente ao centro chegavam a ter 3 metros de altura, tendo sido perfeito para quem veleja nas ondas.
Para os dois grupos ainda foi organizada uma excursão ao Ervatão, aproveitando dessa forma as previsões de swell mais favorável para aquele spot, tendo neste caso o primeiro grupo beneficiado de melhores condições nessa praia paradisíaca que o segundo grupo aquando da sua visita.
De facto a praia de Chaves tem uma característica especial;
• Em frente ao clube, o spot tem condições de ondas espectaculares cuja altura varia entre os 5 metros no máximo e 1 metro no mínimo. Com o mar muito grande pode-se entrar 200 metros a norte em que a ondulação é nula e aí podemos velejar ainda mais para norte e surfar uma direita gigante e fácil, que parte de forma lenta e gradual. O vento, esse é side-off da direita, o que faz com que a água tenha pouca mareta, proporcionando uma onda mais perfeita e linear.
• Para o Freeride e para o Slalom existe 200 metros a norte do Clube uma entrada fabulosa e fácil em que as ondas não quebram, talvez devido a um barco antigo afundado que não deixa o swell rebentar nesse local. A partir daí o plano de água é bastante liso, tudo isso devido à direcção do vento side-off.
• Em frente ao spot de freeride e slalom existe uma lagoa que é óptima para quem ainda não tem muita experiência e pode assim aproveitar também as condições de vento da Ilha.
Novamente ficou provado que a Ilha da Boavista é o local perfeito para todos, velejadores e acompanhantes.
A todos os que foram nesta viagem quero agradecer a vossa participação.
Quando organizo estas viagens, faço-as, a pensar na qualidade de windsurf que possamos apanhar no destino, escolhendo-o em função da época própria para a modalidade.
Claro que por vezes o tempo não está pelos ajustes, mas a Boavista tem-se mostrado como o destino mais constante em que a relação de dias de windsurf / dias de estadia se aproximam muito dos 100%.
Até para o ano Boavista…
Bons ventos,
Elisiário Carvalho


 

Subscribe to our mailing list

Back to content | Back to main menu